Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



por JQ, em 22.09.13

 

Faking Jazz Together, Connan Mockasin, 2010-2012

Autoria e outros dados (tags, etc)

por JQ, em 22.09.13

 

também nos olhos cai a chuva, e nunca

mais cessará.

estão brancos os caminhos da floresta,

a água vegetal.

 

desenho sem pensar, o sopro

dos lábios

do outro lado da névoa,

 

as codornizes

oblíquas no ar,

com quem se esquece

dentro da areia líquida,

 

o fumo quase abstracto, o topo

aberto dos pinhais.

 

 

 

 


 

 Setembro 2013

 

 

 

 


 

nenhuma arte, nenhum saber, memórias

nada na manga metálica dos olhos

nada no simples claro contratempo

nas palavras medidas pelo breve

 

indício do sentido.

venha comigo ver os nunca vistos

desastres do jamais acontecido

objectos, por ora, cintilantes

 

e vastos como cidades de além-terra, quando

o corpo em vão mastiga a dor e sangue.

inquira

 

a física do som e da visão

com passagem veloz pelo tormento.

nenhuma arte, veja, voz alguma.

 

 

em A Pequena Face,

António Franco Alexandre, 1983

Autoria e outros dados (tags, etc)

por JQ, em 19.09.13

 

Girl I Love You, versão de 2010 dos Massive Attack + Horace Andy para um "clássico" do "roots reggae" (Johnny Clarke, 1976)

Autoria e outros dados (tags, etc)

por JQ, em 19.09.13

 

Oh my silvery beard's

The whitest robe of yours

Cum’on, my dearest

 

“In this world after all

The words ain’t enough”

That's what you're sayin’?

 

Obviously not, I guess, but

Tout au naturel?! What’s

Your fuck, old man?

 

… Oh that's so neat

So it seems, I suppose

But if not, let me be

 

The best I’d do

Suppose it would

Though you won’t

 

And yet we still are

Enough it ain’t, we know

The worst, no less, lies in me

 

Fuck’em all, if so you wish

It seems the least, I guess

Brel, tu l'entends encore?

 

If not, let us all be

Wishin', a simple prayer

Yeah, still the best in me

 

 

Vila do Conde, Agosto 2013

Autoria e outros dados (tags, etc)

por JQ, em 17.09.13

Omlagus Garfungiloops, Coil, 1992 / The Reflecting Skin, Philip Ridley, 1990

Autoria e outros dados (tags, etc)

por JQ, em 17.09.13

 

Como eu sempre fugaz

Sombra de outra era

Nasceu quase morta

Vinte e um séculos após

A tarde que aí vem
Anda, hesita não, vem daí

Se perguntares por onde

Fica, eu já não caibo

Neste sofá, nessa tão

Plástica simplicidade
Acende velas, acredita

Podes sempre iludir-te

Esta terra nunca foi nossa
Esse pão acabado de cozer

Semente patrocinada apenas

Da Monsanto exclusiva

Ora foda-se é o que te digo

Pecando o mínimo, antes disso

Já nascemos velhos, convenhamos

O nosso fermento já não é virgem

Comprámo-lo no Pingo Doce

Fecha os olhos, cobre de vez

As varizes do mundo, veste
Flores de estufa, nem assim

No baldio mais próximo
Existem, ganham corpo

Osso ou caule, folhagem

Um frágil tutano que estoirou
Livros que já não ardem

Olhos que já não sabem chorar

Nas mãos bicicletas sem pernas

Ruidosos tubos, filmes sós

Um por cada, menos que zero

Compassos dois por três

Consorte três por quatro

Azar o nosso, maternidade

Trocada, já sem tempo

Polícias e ladrões em série

Planos quadros desertos

De jeito nem uma só

Cama, câmara, carripana

Veloz, em ânsias disperso

Navio fantasma, barcaça

Em velocidade de cruzeiro

Círculo perdido, encalhado

Bússola cega, gente doida

Deitada em cruz, distante

Oficina, tanto raio quebrado

Consertando os teus

Longe de mim andando

Vou, saberás tu porquê

Eu não, alguém talvez

Por vezes até parece

Mas não, ninguém

Espera por nós

 

 

Vila do Conde, Agosto 2013

Autoria e outros dados (tags, etc)

por JQ, em 16.09.13

Gatos em quintal materno, Agosto 2013

Autoria e outros dados (tags, etc)

por JQ, em 16.09.13

 

em frio azul separas-te dos corpos

podes quase cessar como a vibrante

visitação da fala

 

jarras de gelo oscilam na celeste

maneiras de altos ramos

pesadas quebram na boca da água

 

em vão movo os sentidos as veredas

da cor rasgada no lençóis a chuva

os cobrirá de rendas

o sopro das cortinas

 

no vidro acendes lâmpadas, memórias

quase absortas de si no céu deserto

 

 

em A Pequena Face,

António Franco Alexandre, 1983

Autoria e outros dados (tags, etc)

por JQ, em 13.09.13

 

Bow Road, Alexandre Kassin + Domenico Lancelotti + Moreno Veloso = The +2's, 2006

Autoria e outros dados (tags, etc)

por JQ, em 13.09.13

 

por esse caminho vais dar a um ribeiro

oculto nas pedras, e daí são dois passos pró inferno!

fiquei surpreso com a informação, assim da cara nua

à saída de casa, pousando a mala azul já encharcada,

 

como se houvesse destinos nesta terra! encolho os ombros,

as borboletas mudam de cor, gigantescas, violeta castanho,

tudo é real e diferente de si, mesmo as anénomas

e o cheiro de morte que deitam por dentro. os planetas,

 

acredito, emitem pequenos sinais, mas tenuamente

deitam-se no ovo oco do céu,

e a grande chuva entra-me pelo corpo e fica

dentro a chover, coisa inútil, intensa.

 

foi assim que aprendi que os homens morrem aos pedaços,

e muito antes de eu nascer já esta torpe história seguia

«o seu rumo», aqui e além facilitado pela chacina militar,

e ninguém pedirá a minha opinião, que não é nenhuma.

 

o poema traz consigo um fresco calor escuro,

é um pouco cão, miserável e mudo.

os fios eléctricos atravessam a rua, lado a lado; o cigarro lançado

ao ar, explode contra as folhas.

 

dorme comigo, ribeiro seco.

deita-me na lisa pedra que te encerra. tudo começa

no cais de água nenhuma; um pouco cão, mais nada:

a arte do soneto e alguma rima.

 

 

1, António Franco Alexandre, 1993

Autoria e outros dados (tags, etc)

por JQ, em 13.09.13

Vila do Conde, perto da Matriz (bom, da Rua da Igreja local, talvez), Agosto 2013

Autoria e outros dados (tags, etc)

por JQ, em 13.09.13

 

rua leve, com o cartão das chamas separando

a tão nítida memória

de nenhum ar sobre as paredes lisas,

 

os edifícios, ou seria talvez

um resto de águas, de vísceras, de moles

razões medidas para durar,

 

o rosto submetido, com os poucos

saberes de um dia em que, subitamente,

as árvores do mar unânimes galgaram

a sombra dos segredos;

 

rua de dia sobre dia ardendo

lúcida, nua, quase completa de

janelas pequenas; e depois,

azul possivelmente, o mar.

 

 

em A Pequena Face,

António Franco Alexandre, 1983

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/3



Alguns riscos


Indícios?, por demais

um tremendo cansaço

de coisas feias, e daí

sons, diversos traços

caracteres alguns

de um rasto só


Algum tempo:


2017 Janeiro 2016 Dezembro Novembro Outubro Setembro Agosto Julho Junho Maio Abril Março Fevereiro Janeiro ; 2015 Dezembro Novembro Outubro Setembro Agosto Julho Junho Maio Abril Março Fevereiro Janeiro ; 2014 Dezembro Novembro Outubro Setembro Agosto Julho Junho Maio Abril Março Fevereiro Janeiro; 2013 Dezembro Novembro Outubro Setembro Agosto Julho Junho Maio Abril Março Fevereiro Janeiro; 2012 Dezembro Novembro Outubro Setembro Agosto Julho Junho


Junho 2006/Junho 2012

(arquivos não acessíveis

via Google Chrome)


Algumas pessoas:


T ; José Carvalho da Costa, Francisco Q ; Alcino V, Vitor P ; José Carlos T, Fernando C, Eduardo F ; Paulo V, "Suf", Zé Manel, Miguel D, S, Isabel, Nancy ; Zé T, Marcelo, Faria, Eliana ; Isabel ; Ana C ; Paula, Carlos, Luís, Pedro, Sofia, Pli ; Miguel B ; professores Manuel João, Rogério, Fátima Marinho, Carlos Reis, Isabel Almeida, Paula Morão, Ivo Castro, Rita Veloso, Diana Almeida


Outros que, no exacto antípoda dos anteriores, despertam o pior de mim:


Demasiados. Não cabem aqui. É tudo gente discursivamente feia. Acendendo a TV ou ouvindo quem fora dela reproduz agendas mediáticas, entre o vómito e o tédio a lista tornar-se-ia insuportavelmente longa.


Uma chave, mais um chavão? A cultura popular do início deste séc. XXI fede !


joseqcarvalho@sapo.pt


Alguns nomes:


José Afonso ; 13th Floor Elevators, The Monks, The Sonics, The Doors, Jimi Hendrix, The Stooges, Velvet Underground, Love / Arthur Lee, Pink Floyd (1967-1972), Can, Soft Machine, King Crimson, Roxy Music; Nick Drake, Lou Reed, John Cale, Neil Young, Joni Mitchell, Led Zeppelin, Frank Zappa ; Lincoln Chase, Curtis Mayfield, Sly & The Family Stone ; The Clash, Joy Division, The Fall, Echo & The Bunnymen ; Ramones, Pere Ubu, Talking Heads, The Gun Club, Sonic Youth, Pixies, Radiohead, Tindersticks, Divine Comedy, Cornelius, Portishead, Beirut, Yo La Tengo, The Magnetic Fields, Smog / Bill Callahan, Lambchop, Califone, My Brightest Diamond, Tuneyards ; Arthur Russell, David Sylvian, Brian Eno, Scott Walker, Tom Zé, Nick Cave ; The Lounge Lizards / John Lurie, Blurt / Ted Milton, Bill Evans, Chet Baker, John Coltrane, Jimmy Smith ; Linton Kwesi Johnson, Lee "Scratch" Perry ; Jacques Brel, Tom Waits, Amália Rodrigues ; Nils Frahm, Peter Broderick, Greg Haines, Hauschka ; Franz Schubert, Franz Liszt, Eric Satie, Igor Stravinsky, György Ligeti ; Boris Berezovsky, Gina Bachauer, Ivo Pogorelich, Jascha Heifetz, David Oistrakh, Daniil Trifonov


Outros nomes:


Agustina Bessa Luís, Anna Akhmatova, António Franco Alexandre, Armando Silva Carvalho, Bob Dylan, Boris Vian, Carl Sagan, Cole Porter, Daniil Kharms, Evgeni Evtuchenko, Fernando Pessoa, George Steiner, Gonçalo M. Tavares, Guy Debord, Hans Magnus Enzensberger, Harold Bloom, Heiner Müller, João MIguel Fernandes Jorge, John Mateer, John McDowell, Jorge de Sena, José Afonso, Jürgen Habermas, Kevin Davies, Kurt Vonnegut Jr., Lêdo Ivo, Leonard Cohen, Luís de Camões, Luís Quintais, Marcel Proust, Marina Tzvietaieva, Mário Cesariny, Noam Chomsky, Ossip Mandelstam, Ray Brassier, Raymond Williams, Roland Barthes, Sá de Miranda, Safo, Sergei Yessinin, Shakespeare, Sofia M. B. Andresen, Ted Benton, Vitorino Nemésio, Vladimir Maiakovski, Wallace Stevens, Walter Benjamin, W.H. Auden, Wislawa Szymborska, Zbigniew Herbert, Zygmunt Bauman


Algum som & imagem:


Avec élégance

Crazy clown time

Danse infernale

Dark waters

Der himmel über berlin

Forever dolphin love

For Nam June Paik

Gridlocks

Happy ending

Lilac Wine

L'heure exquise

LoopLoop

Materials

Megalomania

Metachaos

Nascent

Orphée

Sailing days

Soliloquy about...

Solipsist

Sorry, I'm late

Submerged

Surface

Their Lullaby

The raw shark texts

Urban abstract

Unter