Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Sopas e descanso

por JQ, em 22.03.17

Talvez com demasiada frequência os posts de blogues remetem para links do facebook. Sinal dos tempos, talvez. Aí vai mais um, talvez demasiado coloquial, mas sem link de retorno:

 

Só mais um f…-se, pode ser? Prometo ser um pouco mais educado no futuro… Após uma semana e meia de confortável silêncio, acabo de ligar o telelé, para descobrir, passe a hipérbole, 1487 sms’ que vou eliminar de seguida sem sequer lê-los (mais de metade, previsivelmente, iria tentar demonstrar que não tenho direito ao meu silêncio). Sim, gente deveras adorável (cambada de terríveis fascistas telecomunicativos : )), a sério que já ninguém tem direito a algumas sopas e descanso?

Autoria e outros dados (tags, etc)


Sem imagem de perfil

De DMachado a 23.03.2017 às 17:37

Toda a gente tem direito a comunicar e ao silêncio. É uma questão de razão e não de coração, ao contrário dos B-52 e do shot com o mesmo nome que me deixava apenas coração. A única coisa básica na comunicação é a reciprocidade entre emissor e receptor para não se tornar uma caldeirada sem repouso.


É claro que no facecoiso é tudo imediatista, sem se pensar, porque aquilo é um café onde se vai dar dois dedos de conversa.
Imagem de perfil

De JQ a 27.03.2017 às 16:07

Será que ainda existe um "shot" de nome tão feliz? A reciprocidade possível? É mesmo isso que importa, seja em Cafés que já não existem, seja na virtualidade que já pouco nos satisfaz. 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.03.2017 às 08:50

Nunca descanso é de sopas. Gosto muito, mas não é sítio para falar de comida - um tema que leva, quase sempre, a f***-**  :)


1487 SMS´s é obra....eu se junta-se as sms´s de um ano, com ele ligado, nem uma parábola descreveria.  Fiquei com uma certa inveja, (des)controlada. 
Desculpe o desabafo :) 


Isabel, com link :)


https://www.facebook.com/desconversas.aqui
Imagem de perfil

De JQ a 27.03.2017 às 15:55

1487 sms' foi mais uma hipérbole desgraçada (ok, terão sido a modos que 1486 : ), mas até que enfim revelaste a tua página no "face sem books". Obrigado pela confiança.
Desculpa-me o piropo algo marialva, mas és terrivelmente bonita (defeito meu: adorei os teus olhos semi-rasgados :). Francamente (como não sê-lo, quando sempre tentei nunca desiludir ninguém?), intuí que bom gosto artístico não te falta. Falta-me entender tanto "selfie".
Espero que não vejas na minha próxima questão qualquer ataque à tua individualidade, mas, a sério, entre os limites mínimos e máximos de cada um, sempre presentes em todos nós, quais são os limites do teu ego?, e onde colocas as fronteiras dos egos alheios?


Se puderes, desculpa-me a franqueza, mas o sempre simpático modo como te foste aproximando de mim virtualmente, levou-me às perguntas supra, fruto apenas da minha curiosidade, sei lá, mais natural
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.03.2017 às 23:06


Que questão tão interessante, e pertinente vendo-a numa perspectiva reflexiva.


Não esperava, francamente, nenhum piropo (se bem que na medida certa são sempre um estímulo e motivação, sem falsa modéstia)  e nem tinha essa noção de "tanta selfie"!
:) 
É a primeira pessoa que faz esse "reparo" de forma directa. Que bom! 


Possivelmente, a quantidade, se deva ao facto de não ter espelhos em casa :)  - vá, tenho um pequeno, mas nunca tive de corpo inteiro -  e ao fato de ter pouca cultura, ou bagagem, para mostrar. Poderá ser, também,  pela incapacidade e dificuldade que apresento na escrita,  mostrando-me só pelo olhar (rasgado? :)  
Podia invocar, também, a falta de auto-estima e, sendo, assim, uma forma de compensação - acreditando nos "likes" e mensagens :))) - pelo afecto. Sim, cresci num meio onde o elogio era a pior forma de educação...Ou pode ser outra coisa qualquer. Que leitura faz, "`Indícios"?. 


Ah, não tenho máquina fotográfica mas é uma das minhas prioridades (monetariamente falando), que poderá conduzir a mais umas selfies :))) ... como os pintores com os  auto-retratos :)  - adorava saber pintar e nem uma casa consigo desenhar... 


Nunca precisei de definir limites ou fronteiras, acho que se tivesse de o fazer o (des)interesse levaria aquela equação do segundo grau, incompleta, que se resolve facilmente pela lei do anulamento do produto :)  



Nada sei de Ego, sabeis?



Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.03.2017 às 23:43

Se juntasse :)    [Errata]


Juntam-se, assim, ideias (?)! 
Imagem de perfil

De JQ a 29.03.2017 às 18:59

Bom, grato pela empatia. Vou tentando, se bem que, por vezes, acerto sempre na barra ou no mais inocente público atrás das balizas que pretendia inicialmente : ((
Imagem de perfil

De JQ a 29.03.2017 às 19:12

Grato pela franqueza = revelação de tanto cotão do teu "umbigo", Isabel. Se puderes, desculpa-me lá mais uma espécie de piropo (não, nem tanto), mas eu creio-te capaz de não precisar máquinas fotográficas por perto. Bom, além dos selfies, tão facéis e imediatos para quase todos, como raio poderás tu ou eu, o/a vizinho/a do lado, revelar o melhor de cada um/a? Questão difícil, não é? Alguma sugestão tua, no entre tão pouco? Seja qual for, antecipadamente grato...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.04.2017 às 23:21

E, assim, vamos tentando, acertar...!


Ontem pequei -  associei ao dia 1 de abril... Não tive o castigo merecido...entretanto espero pelo perdão.


 Revelarmos o melhor de nós passa por momentos menos felizes, e até irritantes - quanto a mim - e pela simples vontade de querermos acrescentar, sempre, e mantermos a paixão pela beleza. A continua perseguição  da beleza quer: no homem, na mulher, na criança, na natureza, no olhar, nas imagens, nos sons, nas cores, nas mãos, nos filhos, nos amigos, nos vizinhos, na tristeza, na curiosidade, nos livros, no nos filmes...Consigo escutar o mar, daqui, agora....:))) 


Eu sei lá, sei lá :)  Sou péssima a verbalizar, mas gosto de conversar. 


De todo o lixo tóxico que por aí anda, deste big brother a que estamos submetidos, ainda assim, todos  os dias, encontro belas palavras, imagens, entusiasmo e...


Boa semana! Partilhada. 
Isabel
Imagem de perfil

De JQ a 03.04.2017 às 15:37

Grato pela partilha

Comentar post



Alguns riscos


Indícios?, por demais

um tremendo cansaço

de coisas feias, e daí

sons, diversos traços

caracteres alguns

de um rasto só


Algum tempo:


2017 Janeiro 2016 Dezembro Novembro Outubro Setembro Agosto Julho Junho Maio Abril Março Fevereiro Janeiro ; 2015 Dezembro Novembro Outubro Setembro Agosto Julho Junho Maio Abril Março Fevereiro Janeiro ; 2014 Dezembro Novembro Outubro Setembro Agosto Julho Junho Maio Abril Março Fevereiro Janeiro; 2013 Dezembro Novembro Outubro Setembro Agosto Julho Junho Maio Abril Março Fevereiro Janeiro; 2012 Dezembro Novembro Outubro Setembro Agosto Julho Junho


Junho 2006/Junho 2012

(arquivos não acessíveis

via Google Chrome)


Algumas pessoas:


T ; José Carvalho da Costa, Francisco Q ; Alcino V, Vitor P ; José Carlos T, Fernando C, Eduardo F ; Paulo V, "Suf", Zé Manel, Miguel D, S, Isabel, Nancy ; Zé T, Marcelo, Faria, Eliana ; Isabel ; Ana C ; Paula, Carlos, Luís, Pedro, Sofia, Pli ; Miguel B ; professores Manuel João, Rogério, Fátima Marinho, Carlos Reis, Isabel Almeida, Paula Morão, Ivo Castro, Rita Veloso, Diana Almeida


Outros que, no exacto antípoda dos anteriores, despertam o pior de mim:


Demasiados. Não cabem aqui. É tudo gente discursivamente feia. Acendendo a TV ou ouvindo quem fora dela reproduz agendas mediáticas, entre o vómito e o tédio a lista tornar-se-ia insuportavelmente longa.


Uma chave, mais um chavão? A cultura popular do início deste séc. XXI fede !


joseqcarvalho@sapo.pt


Alguns nomes:


José Afonso ; 13th Floor Elevators, The Monks, The Sonics, The Doors, Jimi Hendrix, The Stooges, Velvet Underground, Love / Arthur Lee, Pink Floyd (1967-1972), Can, Soft Machine, King Crimson, Roxy Music; Nick Drake, Lou Reed, John Cale, Neil Young, Joni Mitchell, Led Zeppelin, Frank Zappa ; Lincoln Chase, Curtis Mayfield, Sly & The Family Stone ; The Clash, Joy Division, The Fall, Echo & The Bunnymen ; Ramones, Pere Ubu, Talking Heads, The Gun Club, Sonic Youth, Pixies, Radiohead, Tindersticks, Divine Comedy, Cornelius, Portishead, Beirut, Yo La Tengo, The Magnetic Fields, Smog / Bill Callahan, Lambchop, Califone, My Brightest Diamond, Tuneyards ; Arthur Russell, David Sylvian, Brian Eno, Scott Walker, Tom Zé, Nick Cave ; The Lounge Lizards / John Lurie, Blurt / Ted Milton, Bill Evans, Chet Baker, John Coltrane, Jimmy Smith ; Linton Kwesi Johnson, Lee "Scratch" Perry ; Jacques Brel, Tom Waits, Amália Rodrigues ; Nils Frahm, Peter Broderick, Greg Haines, Hauschka ; Franz Schubert, Franz Liszt, Eric Satie, Igor Stravinsky, György Ligeti ; Boris Berezovsky, Gina Bachauer, Ivo Pogorelich, Jascha Heifetz, David Oistrakh, Daniil Trifonov


Outros nomes:


Agustina Bessa Luís, Anna Akhmatova, António Franco Alexandre, Armando Silva Carvalho, Bob Dylan, Boris Vian, Carl Sagan, Cole Porter, Daniil Kharms, Evgeni Evtuchenko, Fernando Pessoa, George Steiner, Gonçalo M. Tavares, Guy Debord, Hans Magnus Enzensberger, Harold Bloom, Heiner Müller, João MIguel Fernandes Jorge, John Mateer, John McDowell, Jorge de Sena, José Afonso, Jürgen Habermas, Kevin Davies, Kurt Vonnegut Jr., Lêdo Ivo, Leonard Cohen, Luís de Camões, Luís Quintais, Marcel Proust, Marina Tzvietaieva, Mário Cesariny, Noam Chomsky, Ossip Mandelstam, Ray Brassier, Raymond Williams, Roland Barthes, Sá de Miranda, Safo, Sergei Yessinin, Shakespeare, Sofia M. B. Andresen, Ted Benton, Vitorino Nemésio, Vladimir Maiakovski, Wallace Stevens, Walter Benjamin, W.H. Auden, Wislawa Szymborska, Zbigniew Herbert, Zygmunt Bauman


Algum som & imagem:


Avec élégance

Crazy clown time

Danse infernale

Dark waters

Der himmel über berlin

Forever dolphin love

For Nam June Paik

Gridlocks

Happy ending

Lilac Wine

L'heure exquise

LoopLoop

Materials

Megalomania

Metachaos

Nascent

Orphée

Sailing days

Soliloquy about...

Solipsist

Sorry, I'm late

Submerged

Surface

Their Lullaby

The raw shark texts

Urban abstract

Unter